terça-feira, 26 de abril de 2016

Spider Baby


Ano: 1968
Direção: Jack Hill
Duração: 84 minutos
Gênero: Terror
Cor: Preto e Branco

Filme norte-americano de terror e humor negro, conta com uma das últimas participações de um dos grandes ícones do cinema de terror, o lendário Lon Chaney Jr.


Sinopse: Em uma mansão rural, três órfãos que sofrem de uma grave e rara doença hereditária que altera regressivamente o estado mental a partir dos 10 anos de idade, vivem sob o cuidado do chofer Bruno (Lon Chaney Jr.). Mas tudo muda, quando parentes distantes e gananciosos resolvem visitá-los.




O filme foi rodado em agosto/setembro de 1964 com o título prévio de Cannibal Orgy, or The Maddest Story Ever Told, mas a sua estreia foi sendo adiada durante vários anos devido à falência decorrente dos produtores. Em 1968, o produtor David Hewit adquiriu os direitos de distribuição do filme e mudou o título, primeiro para Spider Baby e, mais tarde, para The Liver Eaters. Com o tempo, Spider Baby foi ganhando a reputação de filme cult até ser considerado como uma espécie de obra matriz, uma fonte de inspiração para muitos dos clássicos de cinema de terror moderno que o gênero costuma reciclar à torto e a direito.




Algumas curiosidades sobre o filme:

* Jack Hill conta que Chaney, entusiasmado pela participação num projeto que aliava o terror à comédia e temendo que os produtores oferecessem o papel à John Carradine, reduziu uma quantia substancial do seu cachê e aceitou permanecer sóbrio durante todo o tempo da filmagem.

* Várias referências são feitas para os filmes de terror da década de 40 como quando Bruno (Chaney) os adverte que a lua está cheia, uma clara referência à The Wolf Man . Além disso, o próprio Chaney canta a música-tema, uma paródia do clássico Monster Mash, durante a abertura do filme.

* A banda paralela do vocalista do Faith no More, Mike Patton, chamada Fantomas, fez uma versão da música de abertura do filme no álbum The Director’s Cut.




Arquivo: MKV
Tamanho: 3,3 GB
Idioma: Inglês
Legendas: PT-BR


Nenhum comentário:

Postar um comentário