quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Faust


Ano: 1926
Direção: F. W. Murnau
Duração: 116 minutos
Gênero: Terror
Cor: Preto e Branco

Mais uma vez o diretor Murnau nos brinda com uma obra prima do expressionismo alemão baseada na famosa obra de Goethe, uma incrível superprodução com cenários grandiosos e atuações brilhantes.  


Sinopse: Fausto é a história definitiva da venda da alma ao diabo em troca de favores, que vão de poder, riqueza, até o amor de uma mulher. Inspirado em uma popular lenda alemã, o poema de Goethe narra a tragédia épica do Dr. Fausto, um velho homem das ciências, que desiludido pelas limitações do seu tempo, ao ver a população da sua cidade sucumbir à peste, faz um pacto com Mefistófeles, ou Mephisto, que em troca da sua alma, conseguida através de um contrato assinado com sangue, lhe daria conhecimento, poder, glória, juventude e até um rabo de saia, nesse caso Gretchen, uma singela camponesa pela qual se apaixona. Mas claro que como todo pacto com o diabo que se preze, a coisa não acaba bem e uma sequência de tragédias e questionamentos atormenta os personagens até seu final.


Narrado com um ritmo impetuoso, o filme brilha pelo cuidado colocado em cada plano, e pelo uso das sombras, que tornam cada cena, seja um interior, ou um exterior, de enorme beleza artística, como se tratasse de uma pintura. O filme brilha ainda pela interpretação de Emil Jannings, que compõe um demônio maquiavélico, astuto, mas ainda assim sedutor e manipulador. Para muitos trata-se do melhor filme de Murnau, superior mesmo ao comercialmente mais famoso “Nosferatu”. É sem dúvida uma verdadeira obra prima do cinema.


Faust é um poema trágico do escritor alemão Goethe, dividido em duas partes. A criação da obra ocupou toda a vida de Goethe, ainda que não de maneira contínua. A primeira versão foi composta em 1775, mas era apenas um esboço conhecido como Urfaust (Proto-Fausto). Outro esboço foi feito em 1791, intitulado Faust, ein Fragment (Fausto, um fragmento), e também não chegou a ser publicado.


A versão definitiva só seria escrita e publicada por Goethe no ano de 1808, sob o título Faust, eine Tragödie (Fausto, uma tragédia). A problemática humana expressada no Fausto foi retomada a partir de 1826, quando ele começou a escrever uma segunda parte. Esta foi publicada postumamente sob o título de Faust. Der Tragödie zweiter Teil in fünf Akten (Fausto. Segunda parte da tragédia, em cinco atos) em 1832.


Fausto em seu escritório (pintura de Georg Friedrich Kersting, 1829)


Arquivo: MKV
Tamanho: 5,44 GB
Idioma: Alemão
Legenda: PT-BR


Nenhum comentário:

Postar um comentário