segunda-feira, 25 de abril de 2016

Dracula (1931)


Ano: 1931
Direção: Tod Browning
Duração: 74 minutos
Gênero: Terror
Cor: Preto e Branco

Baseado na obra seminal de Bram Stoker, esse clássico eterno da Universal serviu para elevar o ator húngaro Bela Lugosi ao estrelato do cinema de terror, sendo a versão mais icônica do personagem. 


Sinopse: O agente imobiliário Renfield (Dwight Frye) viaja até os Montes Cárpatos, no interior da Europa, para visitar o recluso Conde Drácula (Bela Lugosi), que pretende adquirir propriedades na Inglaterra. Drácula é um vampiro imortal e vive num castelo sombrio com suas esposas mortas-vivas. O conde vampiriza Renfield e o transforma em escravo, partindo rumo à Inglaterra para fazer novas vítimas. Somente o estudioso Van Helsing (Edward Van Sloan) tem conhecimento suficiente para combater a ameaça sobrenatural.




Originalmente o diretor Tod Browning queria para o papel de Drácula, o ator Lon Chaney, que já tinha atuado com ele em diversos filmes da fase muda do cinema de horror. Mas infelizmente o ator tinha morrido de forma prematura na época, a escolha acabou ficando com um ator húngaro desconhecido chamado Bela Lugosi, que estava começando a ganhar popularidade graças a peça de teatro na Broadway em que interpretava o Conde Drácula. Escolha mais do que acertada na época, Bela foi o responsável por colocar no imaginário popular a figura do conde aristocrata, vestido com sua longa capa negra e todo seu charme galante. 




Drácula foi um divisor de águas na vida de Bela, ele se tornou uma celebridade na época, mas ao mesmo tempo acabou sendo sua ruína, ficando estigmatizado para sempre como o Drácula, nas décadas seguintes não conseguiu repetir o sucesso em outros filmes, para piorar viu seu eterno antagonista, o ator Boris Karloff, subir ao estrelato com o filme Frankenstein e diversos outros filmes famosos na época. 



Imagem rara de um Bela Lugosi ainda jovem interpretando Jesus em uma peça de teatro. É interessante ver essa imagem sabendo que vários anos depois ele se imortalizaria interpretando a figura diabólica do Drácula, o príncipe das trevas.



Bela Lugosi como Drácula virou um fenômeno na cultura popular, tendo a sua imagem usada até hoje para dar vida ao vampiro. Destaque para a simbólica música "Bela Lugosi's Dead" da banda de rock Bauhaus, homenagem a esse grande ator, que infelizmente morreu cedo, mas continua vivo como o eterno Drácula.



Decadente e viciado, acabou morrendo no final da década de 50, mas sua lenda sobreviveu, e hoje é aclamado e admirado por uma grande legião de fãs. O último filme de Bela Lugosi foi Plan 9 from Outer Space, de Ed Wood. Porém, Bela filmou somente uma semana, falecendo no dia 16 de agosto de 1956. Obrigado por tudo Bela, fica aqui a minha homenagem ao verdadeiro e eterno Conde Drácula.


Arquivo: MKV
Tamanho: 4,38 GB
Idioma: Inglês
Legendas: PT-BR



Nenhum comentário:

Postar um comentário